Quarta-feira, 3 de Outubro de 2007

Tremulas as Pernas

Tremulas as pernas, estas que mal sinto e que me tentam levar arrastando-me pelos trilhos marcados aqui pela crosta que já mal sinto, mesmo que crespa a terra que me toca, quente ou gelada já nem sei, já lá vai o tempo em que sentia dar valor à melindre de tais sabores, pois amargos ou doces na altura me sabiam. Certo de que já não acerto, agora desprezo esses saberes e afinal todos quantos sentem esses sabores. Trémulo me sinto na íntegra, já nem disso me sinto certo. Olha-me e diz-me tu que vez afinal neste traste que tresanda ainda por estes ventos, de hoje e de ontem, misturados agora e já sem se perceber bem onde ficou afinal a raia daquilo que o separava outrora de tempos de vistosa aparência e afinados sentidos.

 

                                                                  Antunes Ferreira

publicado por antunesferreira às 15:51
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. De Vontade Encantado

. Estranho Conforto

. Lacuna

. Afinal, tão singelo pedid...

. Tremulas as Pernas

. Tamanhas e Imortais

. Bobressair

.arquivos

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds